Fotografia a Preto e Branco

Talvez por ter nascido nos anos 80, época em que a fotografia a cores já era popular, a fotografia a preto e branco sempre me tenha passado um pouco ao lado. A primeira câmara que tive era analógica mas nunca cheguei a usar um rolo a preto e branco.

Apesar da aparente evolução, fui-me apercebendo que a fotografia a preto e branco continuava "na moda" e simplesmente não conseguia entender porquê. Era como se, hoje em dia, alguém preferisse ter uma televisão a preto e branco em vez de uma a cores!

No entanto, nos últimos tempos, a minha opinião em relação a este assunto tem vindo a mudar. Há algo na fotografia a preto e branco que a torna especial e isso começou a intrigar-me. Como é que, retirando algo tão importante como a cor, conseguimos acrescentar valor a uma imagem?

Uma das razões que faz com que a fotografia a preto e branco seja tão apelativa é o facto de, ao contrário da fotografia a cores, não ser uma representação demasiado exacta do mundo. Sem cor, a fotografia passa a ser uma interpretação artística de um determinado cenário e elementos como as texturas, o contraste tonal, a luz e as formas ganham uma outra força.

O segredo para tirar melhores fotos a preto e branco está em conseguir "ver" a preto e branco. Saber à partida quais os cenários e enquadramentos que dão um bom preto e branco e porquê. Este é, para mim, um verdadeiro desafio. Embora muitas vezes não consiga ser bem sucedido, em outras continuo a ficar surpreendido com os resultados.

No exemplo em baixo podemos ver como as formas ganham outra dimensão quando excluímos a cor.





Outra característica interessante do preto e branco é a sua capacidade de transmitir uma sensação de nostalgia e intemporalidade. Há algo de misterioso e dramático neste tipo de fotografia, talvez por não conseguirmos ver o mundo assim com os nossos olhos.





Não quero, de forma alguma, passar a mensagem de que a fotografia a preto e branco é melhor que a fotografa a cores. A cor é um elemento poderoso e há imagens que perderiam muito do interesse se convertidas para preto e branco.

É claro que, no que diz respeito a fotografia digital, aconselho a captar a cores e obter o preto e branco através de pós-processamento da imagem. Vou abordar este assunto num próximo artigo.

E tu? O que achas da fotografia a preto e branco?

© Mário Pereira - 2012
Proibida a cópia integral ou parcial dos textos


21 comments:

Sérgio Pontes disse...

Gosto imenso de fotografia a preto e branco e adorei a ultima foto dessa série. Acho que a cores teria sido uma foto "normal" enquanto a preto e branco ficou com um resultado muito bom

SCeS disse...

Acho que o "preto e branco" não nos faz perder nas cores mas na essência da foto, aquilo que sentimos quando fechamos os olhos e nos lembramos da imagem...mas isto, é só a minha opinião. :)

Mário Pereira disse...

Obrigado Sérgio. Tens razão: essa foto a cores não tem o mesmo impacto.

SCeS, obrigado pela opinião - concordo contigo :)

Sérgio Pontes disse...

Passei para desejar Boas Festas

Abraço

Mário Pereira disse...

Obrigado Sérgio.
Desejo boas festas para ti também.

Abraço

juliana disse...

Também é uma descoberta para mim a potência do P&B com relação à representação do conteúdo formal. Como sempre associei muito à carga emocional (e atemporal) deste efeito, por relembrar à técnica do passado, demorei a perceber que, como você mesmo disse Mário, em P&B se mostra algo que é impossível vermos com nossos próprios olhos...
Gostei do breve artigo que escreveu... um abraço a todos..

Angélica Mara Bergamin disse...

muito bom seu trabalho e dedicação para ensinar dicas à nos que estamos iniciando o trabalho com fotografia... adorei de verdade e vou acompanhar todos os posts!

M.Pitta disse...

Estou a adorar e a devorar o teu blog ;)
Eu adoro as fotos a P&B embora ainda muito verde na arte da fotografia, pois adquiri á pouco tempo uma dslr.
Para mim as fotos a P&B realçam a expressividade das coisas, sentimentos, momentos etc etc.
Muito obrigado pelo comentario no olhares =)
continua com o optimo trabalho neste excelente blog

M.Pitta disse...

as fotos tem os cantos mais escuro! usas.te algum filtro?

cumpz

Mário Pereira disse...

Olá M.Pitta.
Nessas fotos não usei filtro. Os cantos mais escuros foram adicionados em pós-processamento.

Obrigado a todos pelos comentários :)

Nilcelio Rodrigues disse...

Tenho boas noções de pós processamento precisando de ajuda para compartilharmos informações estou dentro!
e belo post

meus trabalhos de pós processamento encontra se aqui http://nilcelio.daportfolio.com

belos posts

Gonçalo disse...

nao podia dizer outra forma, o mario disse tudo o que era para dizer, e concordo, como diz o senhor sergio pontes, ha fotos que ficamos a pensar "ah ficou uma foto normal" mas depois de convertermos para P&B dá outro resultado espectacular.

Abraço!

Xie Guang disse...

Eu pessoalmente gosto de fotos em p&b. Basta para isso ver o meu blog: http://dialogoscomsilencio.blogspot.com .

Concordo com a forma como expôs a sua visão sobre o p&b e o que ele pode contribuir ou não para valorizar um registo.

Penso que é, em grande parte, através de um bom p&b que se consegue aprender a fazer boas fotos em RGB sem se pensar muito. Quem souber perceber um bom enquadramento, luz, texturas etc para criar um p&b, melhor saberá fotogragar a cores e tornar as fotos a cores ainda mais fortes de mensagem.

Xie Guang

Patrícia M disse...

Gostei bastante da tua abordagem ao Preto & branco, simples, muito directa, e as imagens falam por si ... É muito importante para quem se está a iniciar nesta arte que percebam que a fotografia é muito mais que a técnica. É verdade que a parte técnica tem de ser dominada para se conseguir captar imagens bem expostas, ... mas para se conseguirem boas imagens é preciso muito mais!! Análise, crítica, trabalho, estudo, cultura visual, ... para que cada um de nós desenvolva um processo próprio, uma abordagem própria relativa às cenas que simplesmente nos enfrentam e que não podem fugir de nós sem um disparo, ou aquelas que encenamos e controlamos para conseguirmos a "nossa" imagem! Parabéns mais uma vez!

Mário Pereira disse...

Xie Guang, também acredito que passar uns tempos a fotografar a P&B nos pode ajudar a entender os enquadramentos, composição, luz, etc.

Patrícia, concordo a 100% contigo. A técnica é só uma ferramenta que nos vai permitir aproveitar ao máximo a criatividade.

Obrigado a todos pelos comentários e pela informação que têm vindo a acrescentar aos artigos!

Anónimo disse...

Trata-se de retratar a vida sem a cor do dia a dia...a moldura é complementada com um dramatismo que so o P&B é capaz de o fazer´.
Sou bem capaz de chorar à primeira com uma imagem feita a P&B do que com a mesma imagem feita a cores...
Em ambos os casos temos que ter sensibilidade visual e fotográfica para obter a perfeição na altura de escolha...

BRAVO!

Paulo Moreira disse...

Boa tarde Mário, mais uma vez.
Gostava de saber qual a diferença entre o full frame e o crop, acho que é assim que se escreve. Como posso saber se a minha máquina é full ou crop. Tendo uma Nikon D3200, verifico que a imagem do visor nada tem a haver com o do LCD, quando enquadro um objeto no visor ele é totalmente diferente tanto no PC como no LCD, seja em JPEG ou em nef.
Obrigado
Paulo Moreira

Mário Pereira disse...

Olá Paulo,
A diferença entre as câmaras full frame e crop é o tamanho do sensor. As full frame têm um sensor com 3.5cm de largura e as crop têm um mais pequeno. No caso da tua D3200, o sensor tem 2.32cm, daí o factor de crop ser 1.5 = 3.5 / 2.32
Quando à imagem do visor não ter a ver com a do LCD, isso não está relacionado com ser full frame ou não mas sim com a % de cobertura. No teu caso é 95%. Os outros 5% vão aparecer nas fotos e no LCD mas não no visor óptico. Na prática, as fotos vão sempre apresentar um enquadramento ligeiramente mais abrangente que o que viste inicialmente. No entanto, isto não é realmente um problema porque podes perfeitamente fazer um crop em pós-produção.
Abraço,
Mário

joe s disse...

Bom dia.
As fotos tem um degradê nos cantos.
Há técnica pra fazer isso no ato de tirar a foto?

Grande abç e parabéns pelo site.

joe s disse...

Bom dia.
As fotos tem um degradê nos cantos.
Há técnica pra fazer isso no ato de tirar a foto?

Grande abç e parabéns pelo site.

Mário Pereira disse...

Olá Joe.
Todas as objectivas fazem algum tipo de vinheta (cantos escuros), embora numas se note muito mais que noutras.
Não conheço forma de acentuar o efeito no acto de tirar a foto, mas é muito simples adicionar depois na edição.

Enviar um comentário