Modos de Medição de Luz (Metering Modes)

No post sobre o modo manual falei um pouco sobre o fotómetro. Para quem passou o post à frente, relembro que o fotómetro é um medidor da intensidade de luz que está presente em qualquer câmara fotográfica.

Os modos de medição (metering modes em inglês) definem a forma na qual o fotómetro mede a luz presente numa determinada cena.

Uma vez que os nomes e as especificações dos modos variam de câmara para câmara, vou explicar como funcionam os modos da minha câmara, a Canon 450D. Muito provavelmente a tua câmara tem modos parecidos mas, para detalhes mais específicos em relação ao teu modelo, aconselho-te a pesquisar no manual de instruções.


 Evaluative/Matrix Metering
Este é o modo que está seleccionado por defeito na maior partes das câmaras. Com esta opção o fotómetro dá mais importância à medição da luz na zona à volta do ponto da focagem automática.
Este modo é bastante útil para retratos pois, nestes casos, a área de foco é normalmente a área que queremos que esteja bem exposta.

 Partial Metering
Aqui a medição é feita numa zona no centro que cobre 9% da área total do visor. Este modo deve ser usado, por exemplo, em situações nas quais o fundo é muito mais claro que o motivo principal. Desta forma evitamos que a câmara sub-exponha toda a imagem para compensar a grande quantidade de luz atrás.

 Spot Metering
Este modo é muito semelhante ao anterior mas ainda mais específico. A área medida é apenas 4% do visor. Com este modo conseguimos medir a luz num determinado ponto, ignorando o resto da cena.

 Center Weighted Average Metering
Como o próprio nome indica, este modo calcula a média da quantidade de luz dando um peso maior ao centro. É um pouco parecido com o evaluative mas dá sempre importância ao centro e não ao ponto da focagem automática.


Conclusão
Como em tudo na fotografia, não há nada como experimentar. Não existe um modo melhor que outro pois todos têm as suas vantagens e desvantagens.
O desafio está em saber qual o modo a escolher em cada situação. Esta escolha pode ser a diferença entre uma boa fotografia ou uma fotografia perdida.

Boas fotos!

© Mário Pereira - 2012
Proibida a cópia integral ou parcial dos textos


7 comments:

Duarte Fernandes Pinto disse...

Informação muito útil, Mário. Bom Blog !!!
Obrigado pelo comentário no meu blogue.
Utilizo uma Sony Handicam HD-12SR (video) para captar as minhas imagens. Não é apropriada para a fotografia aérea ...
Quero comprar uma máquina fotográfica com lentes (zoom) de 28 ou 35 a 105. Que marca e modelo me aconselhas?
A Terceira Dimensão - Fotografia Aérea de Portugal

Mário Pereira disse...

Isso depende bastante do orçamento.
Tens de ter em atenção que se a câmara não for full-frame esses 28mm vão-se transformar em 43mm +/-.
Eu não tenho a mínima experiência em fotografia aérea mas penso que um zoom com menor distância focal, como 18-105mm seja mais indicado para uma câmara com factor crop (não full-frame). Os 18mm neste caso equivalem a 28mm.

Anónimo disse...

Olá Mário!
Tantas vezes leio tudo sobrs a madição de lz, e pela primeira vez, achei fácil. Parece-me bem que desta vez entrou a questão das medições...
obrigado pelas suas preciosas dicas. É bom ter talento...mas é muito melhot ter talento e partilhar o que sabemos...

Carlos Almeida

Anónimo disse...

Boa noite,
Gostaria de esclarecer uma dúvida com vcs já que sou novata em questão de DSLR. Ganhei uma T5i canon e já fiz algumas fotos, sendo que nos modos AV, TV e P o meu fotômetro não está fazendo medição de nada, eu aperto o botão no primeiro estágio e ele não sai do 0, já testei os 3 modos e nada...pelo que eu já li ele teria que alterar, para que eu mechesse nos parâmetros de cada um , para que chegasse ao zero.
Gostaria de saber se eu tenho que configurar alguma coisa na câmera ou será que é defeito.
Agradeço desde já atenção de vcs e aproveito para parabenizar pela paciência e compreenção com os iniciantes, amadores , que gostam de fotografar esclarecendo nossas dúvidas.

Mário Pereira disse...

Em qualquer um desses modos o fotómetro vai estar no "zero" porque o objectivo destes é mesmo esse: Fazer os ajustes à velocidade e abertura para que o fotómetro fique no "zero".
Se quiseres aumentar ou diminuir a exposição, vais ter que usar a compensação de exposição.
Já modo manual (M) és tu que controlas completamente os parâmetros.
Dá uma vista de olhos nos artigos dos modos de medição, compensação da exposição e no modo manual.
Boa sorte!

Paulo Moreira disse...

Boa tarde Mário;
Recentemente adquiri uma Nikon D3200 com uma objetiva 18-55 e outra 55-200mm, já tinha uma Sigma 70-300mm e um teleconversor 2x, tudo para a Nikon. Ao tentar fotografar com a 70-300, reparei que a lente interior está suja, gostava de saber como posso fazer para a limpar. Quanto a D3200 gostava de saber a tua opinião e o que posso esperar da máquina.
Obrigado
Paulo Moreira

Mário Pereira disse...

Olá Paulo,
Para limpar a objectiva, o melhor é contactares alguém especializado porque não é uma tarefa assim tão simples e convém que fique depois tudo bem calibrado.
Em relação à D3200, podes esperar bons resultados! Estas câmaras, mesmo as de entrada de gama, permitem-te excelentes fotos quando usadas da forma correcta. Lê bem o manual e se tiveres dúvidas mais concretas, pergunta!
Boas fotos!

Enviar um comentário